Arquivo da categoria: MANEJO EM BANDAS

MANEJO EM BANDAS

Giane Lima Nepomuceno

Universidade Federal de Lavras – 3rlab

O Brasil se destaca mundialmente na produção de proteína animal. Essa expansão na suinocultura é reflexo da grande demanda de alimentos no intuito de atender às necessidades da população, resultado esse, diretamente ligado à redução de custo de produção e melhoria da qualidade do produto, fazendo-se necessária a intensificação e novas formas de manejo.

A organização da produção pode ser realizada através de duas maneiras, “operação contínua” ou “manejo em bandas/fluxograma”. A operação contínua é quando as fêmeas são manejadas à medida que apresentam cio, sem nenhum tipo de indução. Neste tipo de gestão, não é possível o planejamento das atividades, como disponibilização de funcionários, serviços, desmame, entre outros. Já o manejo em bandas ou fluxograma, consiste em atividades de programação a partir de formação de grupos de igual número de animais e com intervalos de tempo regulares, sendo uma ferramenta muito interessante para obtenção da máxima rentabilidade à exploração.

O manejo em bandas é um grupo de animais que estão no mesmo estágio fisiológico (mesma fase de produção) e que se movem juntos no estabelecimento com o ritmo de produção determinado, ou seja, é a divisão do plantel de matrizes/leitões em vários grupos com fases fisiológicas semelhantes, compostos de um mesmo número de animais, que serão distribuídos em diferentes instalações da granja. É importante ressaltar que o fluxograma é aplicável a qualquer tipo de produção, independente se é confinado ou a campo, ou seja, não há necessidade de ótimos parâmetros de produção para aplicar este tipo de gestão, pois a finalidade é justamente conseguir uma melhoria nas taxas de exploração, além de aperfeiçoar mão-de-obra.

Para a execução deste fluxograma (figura 1) é fundamental ter conhecimento de três elementos básicos: a área em que a fazenda está dividida, a circulação de animais e as taxas de produção. Com essas informações e alguns cálculos matemáticos é possível obter um projeto de gestão em bandas (o número de bandas por estabelecimento é obtido através da divisão do ciclo reprodutivo e o ritmo de produção. O número de matrizes por banda é o resultado da divisão do número total de fêmeas dividido pelo número de bandas).

manejo-1

Figura 1: Circulação de animais no interior da suinocultura. 1. As matrizes prenhes, uma semana antes do parto são transferidas para instalações de maternidade. 2. Após desmamar os leitões, as matrizes voltam para os galpões de gestação para iniciar um novo ciclo de produção. 3. Os leitões desmamados são transferidos para instalações de creche. 4. Após atingir uma idade pré-estabelecida (aproximadamente 63 dias de vida) vão para instalações de engorda, também denominado terminação, onde permanecerá até atingirem o peso de abate.

Vantagens para utilização do manejo em bandas:

  • Melhor sanidade;
  • Melhor desempenho reprodutivo;
  • Possibilidade de alojamento de leitões de menos origens em instalações de creches, recrias e engordas/terminações (figura 2), uma vez que a granja produtora de leitão irá entregar uma quantidade maior de leitões por venda, e pelo fato de todos os leitões serem desmamados com a mesma idade;
  • Melhor aproveitamento nutricional na fase de creche, pois a ração é formulada para atender animais com a idade média de desmame da granja, mas se houver grande variabilidade de idade entre os leitões ao desmame, os leitões muito novos não terão um máximo aproveitamento nutricional e leitões mais velhos já deveriam estar se alimentando de uma ração com outra formulação;
  • As atividades concentradas e otimização da mão-de-obra permitem a diminuição das atividades dos finais de semana;
  • A existência de períodos regulares de menor trabalho com os animais permite a melhor manutenção e reparo das instalações (Estiene e Willians, 2013);
  • Melhor programação de férias e/ou folgas para os funcionários;
  • Conforme Felício (2014), a organização sistemática de toda produção permite melhorar a produtividade, previsões de alojamento, planejamento do carregamento e venda dos animais, ajustando o fluxo de caixa do sistema de produção ou da granja.

 

Granja Comercial
Granja Comercial

Figura 2: Instalações de engorda, ou terminação, onde permanecerá até atingirem o peso de abate.

O manejo em bandas proporciona a realização do vazio sanitário, o que ocasiona uma melhora no status sanitário da granja, diminuindo a transmissão de doenças e, consequentemente, melhorando o desempenho dos animais. Esse manejo também racionaliza e concentra a mão-de-obra e aperfeiçoa a utilização das instalações, mas a decisão de trabalhar com manejo em bandas deve ser ponderada e criteriosa.

manejo-3

Anúncios