Webinar – 10 de fevereiro

Webinar – O Nutricionista

Marcelo Hentz Ramos, PhD – Diretor 3rlab

Foi realizado mais um Webinar no dia 10 de fevereiro. Este Webinar contou com a palestra do professor da Universidade deCornell Dr. Tom Overton, que palestrou sobre “Tópicos avançados em nutrição de vacas em transição”. Durante aapresentação foram abordados metas de um período de transição como também novidades nas questões nutricionais e não nutricionais.
Metas para um bom período de transição são:
– alta produção de leite na lactação seguinte
– manter ou minimizar perda de ECC
– baixa incidência de desordens metabólicas
– minimizar a perda de imunocompetência
– controlar/diminuir dias para a primeira ovulação e manter/melhorar fertilidade
– baixa taxa de natimortos como bezerras saudáveis

“Gostaria de lembra-los que os nossos melhores produtores conseguem atingir todas as metas acima com consistência, portanto o que iremos discutir aqui é possível de ser implementado em fazendas comerciais”, afirma Dr. Overton.

Em adição temos alguns pontos importantes não mencionados acima que devemos prestar muita atenção:
-controle cuidadoso dos minerais na dieta de transição
-controlar o consumo de energia
-ter certeza que vacas estão consumindo o máximo: gestão da alimentação e minimização de seleção são cruciais
-minimizar fatores estressantes e variação no consumo de matéria seca

Dr. Overton também discutiu muito sobre hipocalcemia. “Hipocalcemia é um tópico antigo que ressurgiu, metade das vacas americanas estão com hipocalcemia subclínica, isto é muito grave, pois esta doença afeta todas as células da vaca”, afirma Dr.Overton. Em um estudo com 55 rebanhos americanos e canadenses, Dr. Overton mostrou que rebanhos com alta proporção de vacas com hipocalcemia tinham 2.4 mais chance de deslocamento de abomaso, 3.8 kg de leite a menos e 30% a menos na taxa de prenhez a primeira inseminação.

Uma solução apontada na apresentação para minimizar a presença de vacas com hipocalcemia subclínica é a adoção de dietas aniônicas no pré-parto. Para adotar esta solução precisamos prestar atenção em alguns pontos:
-foco em fornecer forragem com baixo K e Na
-utilizar sal aniônico
-suplementar Mg (meta dieta 0.45%)
-monitorar Ca
-monitorar pH urinário

Em um estudo onde autores comparam três dietas: controle(Con), DCAD médio (Médio) e DCAD baixo (Baixo) durante o período de transição pré-parto, houve uma redução drástica no pH urinário para vacas no tratamento baixo comparado ao restante dos tratamentos (pH 6 vs. pH 8, para baixo versus restante). Os autores queriam demonstrar o impacto do DCAD negativo no pH urinário durante antes do parto no desempenho de vacas no pós parto. O nível de Ca foi maior no pós parto para baixo comparado aos outros tratamentos. A produção de leite foi 3 kg maior no pós parto para vacas no tratamento baixo. Autores concluíram que a adoção das estratégias acimas resultam em melhora na saúde animal com incremento na produção de leite.

Outro ponto discutido durante o webinar foi a questão de amido em dietas de vacas leiteiras. “Certamente existe uma interação de adaptação do rúmen no período de transição comnível de amido na dieta pós parto”, comenda Dr. Overton. Emlinhas gerais as recomendações do palestrante foram:
-se o amido no pré parto for baixo (<15%), devemos trabalhar com amido baixo no pós parto (21% a 23%)
-se o amido no pós parto for alto (17% a 19%), podemostrabalhar com amido alto no pós parto (26% a 27%)
-se estamos trabalhando com alta fibra e ou alta FDNu,podemos trabalhar com mais amido.

O último tópico discutido pelo palestrante foi a questão de necessidade de suplementar proteína metabolizável e aminoácidos durante o período de transição. “Em um estudo onde vacas recebem proteína metabolizável para atingir o requerimento,houve um aumento de 7 kg/dia na produção de leite, certamente o balanceamento de dietas para proteína metabolizável e aminoácidos é um tema de grande impacto financeiro na fazenda”, afirma Dr Overton.

O próximo webinar acontecerá no dia 9 de março as 19 horas e irá discutir temas relevantes sobre análises laboratoriais,mais informações http://www.3rlab.com.br

Anúncios