Impacto da não manutenção do vagão misturador Marcelo Hentz Ramos – PhD / Diretor 3rlab

Impacto da não manutenção do vagão misturador

Marcelo Hentz Ramos – PhD / Diretor 3rlab

O vagão de mistura completa é um método eficiente e efetivo para alimentar vacas e tem sido adotado em todo o mundo. Porém, muitos fatores podem levar a inconsistência na composição da dieta completa entregue no cocho (TMR), o que resulta em produção de leite e sólidos abaixo do esperado como também problemas de saúde no rebanho. Importante entender que variações em cada etapa de mistura no vagão podem ser cumulativas e resultar em um TMR no cocho muito diferente do formulado.

Erros custam caro

Levando em consideração que os custos de alimentação são responsáveis pela maior fatia do custo de produção, certamente o ajuste do vagão misturar é um fator que merece atenção. Vamos colocar um exemplo de uma fazenda com 500 vacas em lactação onde poderíamos economizar 10 centavos por vaca ajustando a dieta e manter a produção de leite, componentes e saúde do rebanho. Esta economia equivaleria a $18.250 por ano. E qual o efeito teria um ajuste no vagão misturador? Uma dieta pode sim parecer mais barata no papel, mas se o vagão não estiver ajustado para entregar esta dieta no cocho e houver uma queda de 1 kg de leite nas vacas? Este valor equivaleria a $65.700 por ano (independente da moeda o impacto é o mesmo). Ficou claro o impacto do ajuste do vagão na fazenda leiteira?

Cochos muito raramente representam a dieta no computador

Como nutricionista, nossa meta é providenciar uma dieta bem formulada que irá maximizar produção, componentes e saúde ao menor custo possível. Nutricionistas investem uma quantidade enorme de tempo avaliando combinações de ingredientes, subprodutos, proteínas, minerais, vitaminas e vários aditivos. Utilizamos softwares sofisticados de balanceamento de dietas e modelos que predizem o consumo de matéria seca. Isto é ótimo, mas o resultado precisa ter consistência na frente da vaca! Portanto, como sabemos se estamos alcançando consistência na dieta na frente do animal? Temos que focar também na manutenção do vagão misturador, é ele quem “entrega” a comida formulada para os animais.

Assim como uma sala de ordenha, o vagão misturador funciona 365 dias no ano e precisa de manutenção. A maioria das fazendas leiteira realiza manutenção da ordenha com certa periodicidade. Quando algo esta errado na ordenha certamente um maior índice de mastite será notado. O mesmo princípio deve ser levado em consideração para o vagão misturador. Mesmo com uma excelente dieta formulada no mais avançado software sua meta não será alcançada sem uma checagem e manutenção do vagão misturador.

Grande parte dos problemas encontrados em vagões em fazendas leiteiras é devido à falta de manutenção do mesmo. Tenha certeza de colocar um plano de ação para checagem periódica do vagão e assim assegurar que a dieta formulada no computador estará muito próxima da dieta no cocho.

 

Adaptado de: TMR mixer checkups do matter. Hoards Dairyman, Setembro 2015.

Anúncios

2 comentários em “Impacto da não manutenção do vagão misturador Marcelo Hentz Ramos – PhD / Diretor 3rlab”

  1. Olá Marcelo,

    Ótimo artigo, gostaria de aproveitar a oportunidade para conferir algumas informações sobre o maneira correta de carregar um misturador horizontal, tenho visto varias práticas, ordem de colocar os alimentos, volumoso é o primeiro ou a ultimo?, misturador no caso é o JF 6000 que pica o feno, vc poderia me ajudar ?

    Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s