Ciclo de Palestras – Silagem de milho

T1 Impact of Agronomic Management on the Nutritive Value of Corn Silage

T2 Managing the Silo

T3 selecting corn hybrids

BunkDensCalcportugues

Anúncios

R$4 a mais por vaca por dia? O futuro da análise do leite.

R$4 a mais por vaca por dia? O futuro da análise do leite.

Marcelo Hentz Ramos – PhD – Diretor 3rlab

 

Certamente valores de grande interesse para tomadas de decisões na propriedade: qual o consumo de matéria seca dos meus animais? Qual a eficiência alimentar (kg de leite por kg de matéria seca consumida) dos meus animais? Sim, a partir da análise do leite podemos obter estas informações.

Na reunião da sociedade americana para ciência relacionada a vacas leiteiras (ADSA) deste ano (2015), teremos uma sessão específica para trabalhos científicos provando o poder da análise do leite através da utilização de MIRS (comprimento determinado de onda). O objetivo dos pesquisadores é mostrar a quantidade de informações importantes para o produtor que podem ser fornecidas a partir da análise do leite.

Um exemplo é a utilização da análise para predizer a eficiência alimentar. Dados de 1347 vacas leiteiras foram utilizados para gerar equações de predição de eficiência alimentar. A correlação entre composição do leite e eficiência alimentar foi de 0.87. Portanto, através da análise do leite podemos sim ter o valor de eficiência alimentar das vacas. Mas qual o impacto da diferença de eficiência alimentar na minha fazenda?

Para responder esta pergunta simulamos três grupos de vacas: alta (1.7), média (1.5) e baixa (1.2) eficiência alimentares (Tabela 1). Fica claro que animais mais eficientes deixam muito mais dinheiro na fazenda (neste exemplo quando comparamos os extremos a diferença é de R$4/vaca/dia).

Tabela 1 – Diferença em desempenho de grupos de vacas com diferentes eficiências alimentares.

  A B C
Eficiência alimentar* 1.7 1.5 1.2
CMS, kg/d 17.6 20 25.0
Leite, kg/d 30 30 30
Custo, R$/vaca/dia 9.8 11.2 14.0
RSCA, R$/vaca/dia 20.2 18.8 16.0

Eficiência alimentar = kg de leite produzido por kg de matéria seca consumida. CMS = consumo de matéria seca. RSCA = retorno sobre custo alimentar.

Referência: 11 Applications of milk spectroscopy data to select for feed efficiency and reduced methane emissions in dairy breeding programs. Sinead McParland and Frederic Dehareng, Animal and Grassland Research & Innovation Centre, Teagasc Moorepark, Fermoy, Co. Cork, Ireland, Walloon Agricultural Research Centre, Gembloux, Belgium. ADSA 2015